DOwnload-FOrfun – Polisenso

Forfun – Polisenso
Capa do Álbum Faixas
POLISENSO
01- Aí Sim
02- O Viajante
03- Infinitas Possibilidades
04- Sol ou Chuva
05- Panorama
06- Dia do Alívio
07- Colírio
08- Suave
09- Gruvi Quântico
10- Cósmica
11- Eremita Moderno
12- Escala Latina
13- Uma Noite em Havana
14- Sigo o Som
15- Sócrates e a Deusa Música
16- Cigarras
Bonus tracks:
17- O Dia do Alívio (Boldo Mix)
18- O Viajante (Super Shiva Mix)
19- Suave (Felguk Remix)
Informações do Álbum
Iniciada como um trio, no ano de 2000, era composta por Danilo na guitarra, Vitor no baixo e Bruno Tizé na bateria. Os ensaios rolavam na clássica lage do Tizé na Tijuca, Rio de Janeiro. Com essa formação fizeram dois shows, nos lendários Black Night e Casarão Amarelo, e foi num desses que tocaram com a banda Nitro, da qual o Rodrigo era guitarrista e vocalista.

Logo em seguida, Bruno saiu da banda, e quem entrou foi o Nicolas. Antigo amigo de escola do Danilo, ex-batera de várias bandas, como Acesso de Raiva, Riveraid, e 15 Kelvin, onde os dois tocaram juntos, em 1998.

Empolgados para produzir o som, ligaram para um grande amigo, Thiago Niemeyer, vocalista da banda Darvin, que os levou até o estúdio do Breno, baterista, também da Darvin na época, em Niterói, onde tiveram a primeira experiência com gravação. Em 2 dias gravaram 4 músicas, e na mesma semana, contando com a ajuda de mais um grande amigo, Flash, colocaram no ar o primeiro site da banda.

Em 2001 e 2002 fizeram novas gravações e lançaram duas demos, que vendíam por 5 reais nos shows. Paralelamente, divulgavam as músicas na internet, no boca-a-boca, e de todas as maneiras possíveis.

Durante esses dois anos a dificuldade foi grande, mas, em compensação, tiveram experiências inesquecíveis e fizeram grandes amigos que nunca os negaram ajuda, e que, como eles, também estavam ralando por seus objetivos. Esse pessoal, que agitava os shows no underground do Rio, como o grande Pedroca, e a galera do Riveraid, até hoje ajuda a manter a resistência da cena alternativa, e um exemplo é a loja/estúdio/casa de shows Audio Rebel, e bandas como Formigas Desdentadas, Opallas, Skore, Darvin, Drops, Skazofrênicos, Código de Barras, Emo., Lady Murphy, Magneto, e o próprio Riveraid, que foram para eles fundamentais para construção da cena. Dessas grandes amizades que fizeram nessa época, uma em especial, a com o Rodrigo, acabou virando uma afinidade não só pessoal, como musical também, e a banda teve mais uma mudança de formação. O Vitor foi para segunda guitarra, e hoje é o principal responsável também pela programação de efeitos nas músicas, e o Rodrigo pegou o baixo e dividiria agora os vocais com o Danilo.

Em 2003, conseguiram dinheiro para gravar um cd com 12 músicas, e, em fevereiro, começaram a produzir “Das Pistas de Skate às Pistas de Dança”, no estúdio Hanói, em Botafogo. Na época conheceram também o hoje grande amigo Victorino James, idealizador do selo Dry-Ice Records. O James, embora novo, já tinha experiência de ter produzido e distribuído pelo Brasil 2 coletâneas de Hardcore (Colorindo HC 1 e 2). Ele se interessou pelo som da banda e fechou a parceria com eles para distribuir o “Das Pistas…” pelo país. Já com o CD lançado, continuaram tocando em todos os lugares onde podiam. Começaram a produzir também os primeiros vídeos da banda, que eles mesmos editavam, usando as cenas gravadas nos shows e nas viagens. Estava formada a “Na de Um Produções”. E no final daquele ano, realizaram o que foi uma grande conquista para eles, tocar fora do estado pela primeira vez. Foi no Festival Extreme Nuts, em Curitiba-PR, com Food 4 Life, A-OK, Aditive, e Bad Car Crash, entre outras.

O ano de 2004 contou com a ajuda de vários amigos que fizeram pelo Brasil: sites que os divulgaram, tais como: Punknet, Lbvidz ,etc; produtores de shows do underground, como o Piu de São Paulo, Adriano e Sérgio de Curitiba, Felipe Snipes e Iguito, de Recife; e, é claro, o público, que começou a crescer e propagar as músicas da banda. Assim tiveram a maravilhosa oportunidade de tocar em várias cidades pelo Brasil, e conhecer novas culturas e pessoas.

2005 foi um ano de intenso desenvolvimento e aprendizado. Tiveram a honra e o prazer de gravar um CD em um estúdio de primeira linha, com toda liberdade de criação, e produzido por um grande mestre da produção fonográfica brasileira, e hoje também grande amigo, Liminha. Fizeram o melhor durante meses, criando, formulando e trocando idéias, ensaiando e evoluindo como músicos e amigos, para ter como resultado o que foi uma revolução na vida deles, o CD ‘Teoria Dinâmica Gastativa’. Sentiram que todo esse período foi um enorme passo à frente que deram, e que serviu para reafirmar aquilo que já pressupunham: que agora tinham uma missão muito maior em mãos. O Forfun agora seria a vida deles, o meio de se sustentarem, a grande forma de expressão, e poderia ainda ir além disso, ser um canal de transmissão do bem, do amor, e da positividade, de uma esperança que todos eles têm, de uma mudança para melhor da sociedade, nos campos humano e espiritual. Por consequência da atenção e do foco que tiveram com as gravações, os meses que se sucederam foram de poucos shows, mas ainda assim tocaram em festivais e shows que consideraram boas experiências e oportunidades de crescimento para banda.

No final de 2005 foi lançado o “Teoria Dinâmica Gastativa”, no Canecão, no Rio, e, de lá para cá, meados de 2006, tiveram a chance de tocar em muitos lugares novos, e de voltar a tantos outros lugares queridos, chegando aos mais variados ouvidos e mentes. Por onde passam, têm o imenso prazer de sair sempre com novos amigos, depois de ter aprendido, ensinado, dividido e multiplicado cultura e informação, para si mesmos e para os outros. Esse trabalho é o maior prazer, e assim eles seguem, cultivando a amizade, conhecendo gente, se divertindo sempre, e mais do que nunca, fiéis aos propósitos

2008 agora e lançado polisenso album tao esperado pelos fãns.

Dados do CD Dados do Arquivo
Ano de Lançamento: 2008
Gênero: Rock / metamorfose
Gravadora: Independente
Site Original: http://www.forfun.art.br
Origem: Nacional
Codec do Áudio: mp3
Áudio Bitrate: 196
Tamanho do Arquivo: 123 mb
Uploader: firedown
Tipo de Compartilhamento: http;
Download
http://www.megaupload.com/?d=4J2T1VQQ

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: